Jun’ichi ShinozakiEscaladas pelo meio ambiente

Publicado em 1996clockTempo de leitura: 40s
scroll-down

O doutor Jun’ichi Shinozaki, um dos alpinistas mais intrépidos do Japão, pesquisou os efeitos do aquecimento global e da poluição enquanto escalava alguns dos picos mais famosos do mundo.

localizaçãoJapão

O médico Jun’ichi Shinozaki, já falecido, considerava a combinação de medicina, montanhismo e gestão ambiental essencial para uma vida equilibrada. Certa vez, Shinozaki realizou a ascensão de 20 picos asiáticos durante uma mesma expedição. Um amigo geólogo pediu-lhe que participasse de uma pesquisa científica, coletando e analisando amostras de fios de cabelos e unhas dos habitantes das regiões de alta altitude. O objetivo era obter uma visão mais clara das tendências do aquecimento global, da disseminação dos contaminantes transportados pelo ar e outros fenômenos ambientais. Shinozaki lançou-se de corpo e alma na aventura.

Centenas de milhares de crianças vivem em ambientes profundamente desfavoráveis a um desenvolvimento saudável. Como médico e pai, estou convencido de que algo deve ser feito.

No final, mais de 100 pessoas participaram do projeto de Shinozaki, e foi elaborado um planejamento para a coleta de amostras em 36 picos de 17 países. Iniciado em 1995, na Península de Kamchatka, na Sibéria, o projeto se encerrou cerca de dois anos depois no Monte Fuji, no Japão, a apenas 150 km da residência de Shinozaki, nos arredores de Nagoya. As centenas de amostras coletadas pelo doutor Shinozaki e sua equipe constituíram um acervo de informações para análise científica.

Shinozaki tirou uma licença do hospital em que dirigia o serviço de obstetrícia para liderar as expedições. Posteriormente, voltou a exercer a medicina em tempo integral, até falecer em 2013.

  • 26

    Picos que Shinozaki e sua equipe escalaram em 17 países

Programa

Prêmios Rolex de Empreendedorismo

Descubra

Compartilhe esta página