icon-clockTempo de visualização: 10:24Publicado em 23 de Setembro de 2014

Gordon Sato

Laureado Rolex, 2002

Movido por um desejo já antigo de justiça, o biólogo americano Gordon Sato aproveita a aposentadoria para ajudar algumas das pessoas mais pobres do mundo – na Eritreia –, a se ajudarem a si mesmas. Seu projeto Manzanar é uma iniciativa inovadora que tira partido do sol intenso e da água do mar (dois dos recursos mais abundantes da costa eritreia) para cultivar o manguezal, que pode ser usado não apenas para alimentar animais, mas também para proporcionar um hábitat para peixes e mariscos.

Ler o artigo