Louis LiebenbergUma nova pista para o conhecimento

Publicado em 1998clockTempo de leitura: 0min 44s
scroll-down

Louis Liebenberg projetou o CyberTracker para ajudar o povo Bushman, que vive na região africana de Kalahari, a registrar suas observações sobre a vida animal. Porém, a tecnologia desse instrumento mostrou ser uma ferramenta científica muito mais versátil do que se esperava.

localizaçãoÁfrica do Sul

O cientista sul-africano Louis Liebenberg dedicou sua vida à revitalização da arte de rastrear animais, mas o programa que ele desenvolveu para concretizar esse objetivo tem aplicações bem mais amplas. A ideia inicial do CyberTracker, projetado para smartphones e computadores de mão, era que os povos nativos do deserto de Kalahari, situado no sul da África, selecionassem os ícones que correspondiam ao comportamento observado em animais. Desenvolvido com o objetivo de preservar espécies e ecossistemas a partir de monitoramento e coleta de dados, o aplicativo deu provas de grande versatilidade e finalmente vem sendo usado em pesquisas científicas, programas de ciência cidadã, educação, agricultura, enquetes sobre sociedade e saúde, luta contra a criminalidade e ajuda humanitária em situações de catástrofe. O CyberTracker está disponível como freeware e já foi baixado mais de 100 mil vezes por usuários de mais de 200 países.

O objetivo do monitoramento ambiental é assinalar se e quando a atividade humana tem um impacto negativo na natureza.

Em 2013, para ressaltar a importância da arte de rastrear animais, Louis Liebenberg publicou seu quinto livro,The Origin of Science: On the Evolutionary Roots of Science and its Implications for Self-Education and Citizen Science. Ainda hoje, continua trabalhando no aperfeiçoamento e na atualização de seu revolucionário dispositivo de rastreamento.

  • 100.000+

    Downloads do freeware CyberTracker

  • 200

    Países já utilizam o CyberTracker

Programa

Prêmios Rolex de Empreendedorismo

Descubra