icon-clockTempo de visualização: 07:01Publicado em 23 de Setembro de 2014

Johan Reinhard

Laureado Rolex, 1987

A descoberta de Johan Reinhard sobre a “Donzela do Gelo”, múmia inca de 500 anos, o convenceu de que múmias ainda mais bem preservadas podiam ser descobertas. Considerado um dos corpos mais bem conservados da era pré-colombiana, a descoberta fez vibrar milhões de pessoas no mundo inteiro e proporcionou uma quantidade considerável de informações. No entanto, o antropólogo e arqueólogo cultural de altas altitudes não se deu por satisfeito com a façanha. Ele estava convencido de que múmias ainda mais bem conservadas podiam ser descobertas no topo das montanhas andinas.

Ler o artigo