Selene BiffiA volta dos contos tradicionais

Publicado em 2012clockTempo de leitura: 45s
scroll-down

Uma jovem italiana criou uma escola para contadores de histórias, com o objetivo de preservar a tradição oral do Afeganistão, levar esperança aos jovens e divulgar informações essenciais ao desenvolvimento do país.

localizaçãoAfeganistão

A empresária italiana Selene Biffi focaliza seu trabalho na promoção da autonomia e da educação de jovens. Atualmente, coordena três empresas sociais cujo objetivo é melhorar a vida de crianças e jovens em várias regiões do mundo.

Quando descobri o que era empresariado social, soube imediatamente que tinha encontrado minha vocação.

Um desses projetos é uma escola para contadores de histórias, idealizada com o intuito de preservar os contos populares afegãos e a tradição oral do país, graças à criação de um espaço onde os mestres contadores podem ensinar sua arte às jovens gerações. Os conhecimentos teóricos e práticos ministrados nesse centro, montado com apoio da Rolex, incentivam os estudantes a cultivar a tradição dos contos ancestrais e a criar novas narrativas que levem, às comunidades carentes, mensagens vitais para o seu desenvolvimento.

A Academia Qessa, em Cabul, já formou duas turmas de jovens contadores de histórias. Ao final do curso, muitos estudantes obtiveram estágios, trabalhando principalmente em rádios locais ou como professores. Selene Biffi é coautora de La Maestra di Kabul (A Professora de Cabul), livro que relata sua experiência no Afeganistão, publicado em italiano em 2014. Por questões de segurança, e em razão de outros compromissos que assumiu, Selene Biffi passa longos períodos fora de Cabul. Ela voltou ao país em 2016 para dar continuidade ao trabalho da Academia Qessa e prestar consultoria a outras organizações.

  • 30.000

    Pessoas foram beneficiadas pelo trabalho dos estudantes da Academia Qessa

Programa

Prêmios Rolex de Empreendedorismo

Descubra

Compartilhe esta página