José Márcio AyresO legado da Amazônia

Publicado em 2002icon-clockTempo de leitura: 0min 52s
icon-scroll-down

José Márcio Ayres dedicou sua vida ao desafio de conciliar a preservação da Floresta Amazônica e a melhoria das condições de vida dos povos nativos que nela vivem.

localizaçãoBrasil

Embora a reserva ecológica de Mamirauá, na Floresta Amazônica, tenha sido demarcada como área protegida, o desmatamento ilegal e a pesca intensiva vinham esgotando seus recursos. Em 1996, o brasileiro José Márcio Ayres, especializado em ecologia de florestas tropicais, decidiu agir e conseguiu estabelecer, numa área de 2.600 km², uma Reserva de Desenvolvimento Sustentável – a primeira desse tipo na América do Sul.

Hoje, milhares de pessoas estão colhendo os frutos dos sonhos de um homem que lutou para transformá-los em realidade.

Falecido aos 49 anos, José Márcio Ayres lutou, durante mais de 15 anos, pela implementação de métodos conservacionistas que incentivassem as populações locais a permanecer em suas terras na região amazônica, em vez de procurar emprego nas metrópoles brasileiras. Defendendo uma gestão responsável dos recursos naturais da região por meio do ecoturismo e de outros programas, ele contribuiu para que os povos nativos obtivessem um meio de sustento. Graças a esse tour de force, José Márcio Ayres foi um dos vencedores dos Prêmios Rolex. As verbas que recebeu foram usadas na ampliação do projeto Mamirauá para a reserva vizinha de Amanã, o que criou a maior área protegida do mundo dentro de uma floresta tropical.

Desde o falecimento de José Márcio Ayres, em 2003, uma equipe dedicada mantém vivo o compromisso de realizar o seu sonho, desenvolvendo um trabalho permanente com os habitantes das reservas para garantir a preservação desse precioso ambiente. O modelo de desenvolvimento sustentável criado por José Márcio Ayres conquistou terreno não somente no Brasil, onde foi adotado por nove outras reservas, como também em nações vizinhas (Argentina e Guiana) e países bem mais distantes (Tanzânia, na África Oriental).

  • 57.000 km²

    Superfície da mais extensa área de floresta tropical do mundo protegida pela equipe de José Márcio Ayres

  • 12.500

    Habitantes das duas reservas estão ajudando na preservação do habitat excepcional da floresta tropical úmida

  • 150

    Pesquisadores residem em Mamirauá, dedicando-se ao estudo e monitoramento da biodiversidade da reserva

Programa

Prêmios Rolex de Empreendedorismo

Descubra mais