Peter KnightsQuando mais ninguém comprar

Publicado em 1998icon-clockTempo de leitura: 0min 57s
icon-scroll-down

Muitas iniciativas em favor da proteção de animais focam no combate a caçadores ilegais e na preservação dos habitats naturais. O ecologista britânico Peter Knights optou por outro caminho, concentrando seus esforços em convencer as pessoas a não comprarem produtos provenientes de animais ameaçados.

localizaçãoChina

Todas as semanas, as mensagens da WildAid chegam a milhões de pessoas: “acabar com o comércio ilegal de animais selvagens ainda na nossa geração”. Peter Knights, que se define como um ecologista não convencional, é um dos fundadores da organização, que ele mesmo preside. Em 1998, foi selecionado como Laureado Associado por desenvolver o primeiro programa internacional com a proposta de eliminar a demanda por produtos derivados de animais selvagens ameaçados. O projeto deu origem à WildAid, cujo slogan correu o mundo: “Quando mais ninguém comprar, mais ninguém vai matar”.

Para reduzir a caça ilegal, precisamos reduzir a demanda por produtos derivados de animais selvagens. Tendo à frente grandes ícones locais como Jackie Chan e Yao Ming, nossas audaciosas campanhas de comunicação representam mais de um bilhão de dólares em espaço na mídia e têm contribuído para reduzir em 50-70% o consumo de barbatana de tubarão, além de cortar pela metade o preço do marfim.

As criativas campanhas da WildAid para acabar com a demanda que gera a caça ilegal obtiveram o apoio de conservacionistas e de personalidades influentes, como Jackie Chan, Prince William, Jane Goodall, Sir Richard Branson, Lupita Nyong’o e Yao Ming. “Quando aparecemos na televisão pública da China ou na TV nacional da Índia, sabemos que alcançamos um público imenso”, explica Peter Knights, que solicita às principais mídias espaço gratuito para as campanhas da WildAid.

Segundo Peter Knights, a WildAid, com sua estratégia de focar as campanhas em espécies carismáticas, parece estar realmente fazendo diferença e mudando a atitude das pessoas, com resultados visíveis em larga escala: “A estimativa é que, nos últimos dois anos, o consumo de barbatana de tubarão tenha diminuído em 50% a 70% na China e em mais de 30% em outros países da Ásia. Em relação à caça ilegal de elefantes e rinocerontes, o número de pessoas conscientes desse problema cresceu 50% na China”.

  • US$ 200 milhões

    Valor aproximado do suporte oferecido gratuitamente pela mídia à WildAid, em um ano

  • 33.000

    Número estimado de elefantes mortos a cada ano na África para retirada das presas; a WildAid luta contra o tráfico de marfim

  • 100

    Número de atores, atletas e músicos famosos que atuam como embaixadores da WildAid

Ver todos os projetos:

Programa

Prêmios Rolex de Empreendedorismo

Descubra