Tomas DiagneO protetor das tartarugas da África

Publicado em 1998clockTempo de leitura: 45s
scroll-down

Tomas Diagne, homem de grande visão, ao constatar que a tartaruga-de-esporas-africana, que pode viver mais de 150 anos, estava se tornando uma espécie rara, decidiu buscar soluções para preservá-la.

localizaçãoSenegal

Os animais sempre foram uma paixão para Tomas Diagne. No início dos anos 1990, ainda jovem, colecionava tartarugas em sua casa no Senegal. Mal sabia ele que um dia se tornaria um dos maiores especialistas mundiais nesses quelônios. Diante dos excelentes resultados que vem obtendo em seu pioneiro trabalho conservacionista para reintroduzir a tartaruga Sulcata na natureza, Tomas Diagne pretende expandir suas ideias para outros países africanos.

Todo mundo pensa que me interesso somente por tartarugas, mas nenhuma espécie animal é mais importante que outra. O que conta é o ecossistema como um todo.

Presidente da divisão África da organização mundial TSA (Turtle Survival Alliance), Tomas Diagne foi agraciado com um Prêmio Rolex em 1998 por seu projeto de criação de um “vilarejo” em Noflaye para acolher espécies de tartarugas ameaçadas de extinção, em particular a gigantesca Sulcata, ou tartaruga-de-esporas-africana.

Depois de deixar as instalações de Noflaye aos cuidados de colaboradores, hoje ele coordena outros projetos de campo, dedicando-se, desde 2004, à criação de uma reserva para animais selvagens com gestão comunitária no norte do Senegal para proteger o frágil habitat da tartaruga-da-lama-de-adanson. Porém, o projeto que realmente faz os seus olhos brilharem é a criação do African Chelonian Institute, primeira organização africana para o estudo e a preservação de todas as espécies de tartaruga do continente. “A transmissão de conhecimentos é essencial para que haja troca de experiências e para compartilhar o que aprendemos”, declarou Tomas Diagne em 2011.

Atualmente, está redigindo um livro sobre as tartarugas marinhas e de água doce da África Ocidental e espera, um dia, concluir sua obra-prima – uma enciclopédia completa sobre esse animal que tanto o fascina.

  • 4.500

    Visitantes foram acolhidos no Noflaye Tortoise Village no primeiro ano de funcionamento

  • 14-21

    Quantidade de ovos colocados pelas fêmeas de tartaruga do vilarejo nas duas desovas anuais, entre dezembro e abril

  • 3

    Quantidade de tartarugas que havia na primeira reserva criada por Tomas Diagne, em 1992, na fazenda de seu pai

Programa

Prêmios Rolex de Empreendedorismo

Descubra

Compartilhe esta página