close

Francesco SauroNo coração do labirinto

Publicado em 2014clockTempo de leitura: 50s
scroll-down

Em sua exploração das cavidades subterrâneas das montanhas de topo plano da América do Sul, onde nenhum ser humano havia se aventurado, o geólogo italiano Francesco Sauro não só está descobrindo indícios sobre a evolução da Terra mas também ajudando a preparar expedições para outros planetas.

localizaçãoVenezuela, Brasil

Quando Francesco Sauro e sua equipe exploram as cavernas situadas nas profundezas dos tepuis — montanhas de topo plano situadas entre o Brasil e a Venezuela — mergulham no desconhecido e enfrentam desafios colossais à medida que penetram as cavernas mais remotas e, provavelmente, mais antigas do planeta.

Neste mundo perdido reina o silêncio absoluto. O eco de nossos passos é talvez o primeiro ruído que ressoa nestas cavernas em milhões de anos.

A rocha de quartzito é muito mais rígida que a rocha calcária encontrada em outras regiões do mundo. Após nove expedições aos tepuis, Sauro pôde determinar que algumas das formas de vida locais eram únicas, como as colônias de bactérias que habitam nas cavernas mais profundas e se utilizam da sílica das rochas vizinhas. Isso as distingue da maior parte das formas de vida da Terra, que usa e consome carbono ou enxofre. Segundo Sauro, a análise dessas bactérias nos revela aspectos pouco conhecidos sobre a evolução da vida no planeta.

Simultaneamente, Sauro foi contratado pela Agência Espacial Europeia para dirigir o treinamento dos astronautas, usando as cavernas como laboratório para preparar os seres humanos à vida em outros planetas. “Estamos convencidos de que, nas próximas viagens à Lua ou Marte, as pessoas vão depender dos recursos do planeta durante vários meses para sobreviver. As cavernas oferecem um ambiente perfeitamente adaptado e seguro para isso”, explica. Considerado um dos mais eminentes especialistas em espeleologia e geologia do mundo, Sauro vem usando seu conhecimento geológico para ajudar a localizar regiões da Lua e de Marte onde formações semelhantes às da Terra podem ter dado origem a cavernas adaptadas aos seres humanos.

Programa

Prêmios Rolex de Empreendedorismo

Descubra

Compartilhe esta página